Manuais para provas de Eficiência Alimentar 

Artigo publicado na conceituada revista Policy Forum, em 2013, sumariza um conceito fundamental: a intensificação sustentável. O termo é baseado em quatro premissas. A primeira é de que aumentar a produtividade é necessário, afinal, a população está aumentando, assim como a demanda por proteína animal. A segunda é de que mais alimentos são necessários, mas sem pressionar o ambiente. Já a terceira premissa sustenta que a segurança alimentar depende tanto da sustentabilidade ambiental quanto do aumento da produtividade em si. Ou seja, não é racional apenas pegar todas as áreas produtivas e aumentar a produção, ou a sua eficiência.

Pecuária mais sustentável passa pela eficiência alimentar

Artigo publicado na conceituada revista Policy Forum, em 2013, sumariza um conceito fundamental: a intensificação sustentável. O termo é baseado em quatro premissas. A primeira é de que aumentar a produtividade é necessário, afinal, a população está aumentando, assim como a demanda por proteína animal. A segunda é de que mais alimentos são necessários, mas sem pressionar o ambiente. Já a terceira premissa sustenta que a segurança alimentar depende tanto da sustentabilidade ambiental quanto do aumento da produtividade em si. Ou seja, não é racional apenas pegar todas as áreas produtivas e aumentar a produção, ou a sua eficiência.

Entrevista exclusiva com a EMBRAPA Pecuária Sul

Atualmente, é mais do que comprovado que a alimentação dos animais representa mais de 60% dos custos totais de produção. Na pecuária é fundamental reduzi-los como forma de obter maior resultado financeiro. Por isso, a seleção de animais via Eficiência Alimentar tem se tornado uma prática cada vez mais adotada por criadores, principalmente aqueles que trabalham com Melhoramento Genético.

CAR – Consumo Alimentar Residual e a pecuária de precisão como ferramentas para provas de eficiência alimentar.

cocho eletronico - eficiencia alimentar

CAR – Consumo Alimentar Residual e a pecuária de precisão como ferramentas para provas de eficiência alimentar.
A seleção de animais para eficiência alimentar está diretamente relacionada a melhoria dos processos produtivos e conversão em produtos de maior qualidade para o consumidor, com uma rentabilidade cada vez maior para o produtor. Ao longo dos anos inúmeros processos para mensurar a eficiência animal foram estudados, testados e implementados. E entre os que mais se destacaram está o Consumo Alimentar Residual, conhecido como CAR.